Cachorros pequenos para apartamento

Cachorros pequenos para apartamento

Cachorros para apartamento segunda capa
Cachorros para apartamento segunda capa

Vivendo nesse mundo metropolitano, onde cada vez mais ficamos menos tempo em casa.

Por “casa”, nomalmente temos um apartamento com todas as suas restrições. Onde caminhar no apartamento pode incomodar o vizinho do andar de baixo.

Para aqueles que se recusam a cuidar de peixinhos, a seleção de um amigo de quatro patas, deve ser bem criteriosa.

Bom senso é a palava chave:

  • Na definição do porte do cão e raça. Se a opção for um vira-latas (SRD), tente pesquisar a origem e tamanhos dos pais. Considere adotar um SRD já adulto e com o comportamento já definido.
  • Para assumir os gastos financeiros. Cachorros demandam banhos, visitas ao veterinário, vacinas e ração. Coloque na ponta do lápis;
  • Em relação às suas atitudes de convivência. Estabeleça rotinas saudáveis para o seu amigo. Rotinas são fundamentais para reduzir o estresse por ansiedade;
  • Na alimentação. Independente de ser industrial ou preparada em casa, equilibre a quantidade para o seu cãozinho não engordar, não ter deficiência de minerais. Conheça alimentos que fazem muito mal a cães;
  • Para prover alternativas de exercícios e brincadeiras. Reduza a monotonia do ambiente, fornecendo ossinhos, brinquedos que liberam petiscos, brinquedos mastigáveis;
  • Para delimitar espaço que seja somente do cão. Ninguém fica feliz se ficar confinado em varanda ou área de serviço;
  • Para definir rotinas de passeios. Compense a falta de espaço com passeios regulares. Atividades físicas, reduzem problema repiratórios, cardiovasculares, ansiedade e estresse. Mas também exercício demais podem provocar lesões nos membros ou coluna, alterações cardíacas ou respiratórias;
  • Na limpeza do apartamento. O trabalho de limpeza aumentará. Xixi e cocô devem ser removidos quase que imediatamente, se não tem tapete higiênico que absorva o xixi. Não tente acostumar seu cãozinho a fazer as necessidade fisiológica somente no passeio, pode causar doença urinária.

Tenha sempre mais de uma opção para as suas ausências.

Nem sempre a opção pode estar disponível em ausências emergenciais:

  • Deixar com algum parente ou amigo já de convivío do cão;
  • Um hotel ou abrigo já testado pelo cão;
  • Um cuidador já testado pelo cão.

Considere abrir mão de um cachorro grande e pense em um cachorro pequeno ou de porte médio.

Relacionamos 5 melhores raças de cachorros pequenos para apartamento, considerando o tamanho, a personalidade e necessidades.

No final do POST, temos uma surpresa. Um e-book com mais 15 raças de cachorros pequenos, para ser baixado sem qualquer custo.

  1. Boston Terrier

Boston Terrier
Boston Terrier

Caso queira o perfeito cachorro pequeno para apartamento, escolha o Boston Terrier.

Carinhoso, gosta de agradar aqueles ao seu redor e estar sempre em companhia dos seus donos.

Não o deixe sozinho por muito tempo.

É uma raça paciente e, apesar de pequena, robusta, o que o torna ideal para brincar com as crianças.

Quando nervoso, tende a escapar para um lugar mais tranquilo ao invés de se tornar agressivo.

Também não há problemas quando se trata de conviver com outros cães, gatos, ou quando conhece estranhos.

São inteligentes, porém, sensíveis.

Vão aprender rapidamente, mas podem se sentir chateados caso use um tom de voz mais hostil.

Não costumam latir muito, e a queda de pelo é mínima.

  1. Pug

Pug

Falar de cachorros pequenos para apartamento e não falar do PUG seria um erro.

De fácil adaptação, especialmente por não ser um cão que necessita gastar muita energia.

Apesar disso, tem tendência a engordar, portanto caminhadas, exercícios e brincadeiras leves são essenciais.

É uma raça extremamente fiel e companheira, que gosta de estar sempre com o dono. Sociável, recebe estranhos de maneira dócil e se torna bom amigo de outros cães, animais e crianças rapidamente.

O latido do Pug é mais um ronco, e essa não é uma raça que late em excesso, o que faz com que o cão não seja um incômodo para os vizinhos.

Solta muito pelo, portanto é importante que o dono o escove diariamente.

  1. Bulldog Francês

Buldogue Francês
Buldogue Francês

Um pequeno cão inteligente, companheiro e alegre.

Como bom cão de companhia, necessita de atenção constante.

O Buldogue Francês não necessita de exercícios frequentemente, sendo até perigoso para a saúde o excesso de atividades e calor.

Não é uma opção para aqueles que gostam de um cão para ficar no colo, mas amam carinho, e estarão sempre por perto, simplesmente porque querem sua companhia.

Receptivos, gostam de estranhos e os recebem com uma grande festa.

Porém, atenção com as crianças.

Caso não esteja acostumado com a energia delas, o Buldogue Francês pode se sentir amedrontado.

Para que tenha bom convívio com outros cães, deve ser educado desde cedo.

Por ser um cão que late muito pouco, e emite latidos baixos, graves e breves, não será um incômodo para os vizinhos.

  1. Bichon Frisé

Bichon Frisé
Bichon Frisé

Uma raça de cão de companhia alegre e extrovertida.

Receptiva quando se trata de outros cães, animais e estranhos, o que é bom quando se mora em apartamento.

São perfeitos caso queira um companheiro carinhoso e apegado à família, para estar sempre por perto, porém que também tenha energia para brincar com as crianças.

Ativo, necessita exercícios diários, porém se satisfaz com as brincadeiras dentro do apartamento ou uma caminhada pelo condomínio.

Não solta pelos, porém exige escovação constante, ou eles enroscam.

É um cão que sofre de ansiedade de separação e não pode ser deixado sozinho por um longo período de tempo.

Portanto, apenas escolha o Bichon Frisé se o apartamento nunca fica vazio, assim, o cão pode receber o carinho e atenção que precisa a todo momento.

  1. Lhasa Apso

Lhasa Apso
Lhasa Apso

Frequentemente confundido com o Shih Tzu, o Lhasa Apso tem características únicas da raça e uma personalidade completamente diferente.

É um cão mais independente, portanto é perfeito para aqueles que não estão a todo momento em casa.

De personalidade forte, costuma ser teimoso.

Não tão sociável quanto o Shih Tzu, o Lhasa Apso costuma não confiar facilmente em desconhecidos, sendo fiel ao dono, e um pouco possessivo.

Sua relação com outros animais também costuma ser difícil, porém, essa é uma característica que pode ser contornada, o acondicionando a conviver com outros cães e animais desde pequeno.

Criado para ser um cão de guarda e protetor, o Lhasa Apso é quieto e tranquilo, porém late quando desconfiado. Não precisa se exercitar tanto, e fica contente com uma caminhada ou brincadeira leve.

Finalmente

É importante saber que as raças influenciam o comportamento dos cães, porém quem define a personalidade do seu companheiro é você.

Os cães mencionados possuem forte tendência de adaptação em apartamentos, são pequenos e menos ativos que outras raças.

Cachorros pequenos para apartamento

  • O Bichon Frisé late com certa facilidade.
  • O Lhasa Apso é mais antissocial que os outros.
  • Todos eles precisam de carinho, brincadeira e atenção;
  • Quando dizemos que precisam de pouco exercício, não significa nenhum;
  • Se ficam bem sozinhos, não quer dizer que não precisem de ninguém;
  • Se não há problemas de saúde específicos da raça, não quer dizer que não hajam outros.

Porém, esses são traços que o dono pode adaptar, adestrando o cão desde o momento em que o recebe em casa, para que se tornem perfeitos CACHORROS PEQUENOS PARA APARTAMENTO.

 Todo cão precisa de um líder. Torne-se um.

Raças pequenas
Raças pequenas

Toda e qualquer lista é controversa e pessoal.

Alguns indagarão sobre esta ou outra raça ausente.
Fizemos esta lista tentando ser imparciais.

No entanto, notadamente, a parcialidade está presente.

Para dirimir nossa parcialidade criamos um e-book
com mais 15 raças de cachorros pequenos para apartamento.

Clique na imagem desse livro, receba gratuitamente no seu email  e divirta-se nesta leitura.

São 23 páginas com mais 15 raças de cachorros pequenos para apartamento.

Quer saber mais sobre RAÇAS DE CACHORROS PEQUENOS PARA APARTAMENTO? Veja também:

One Reply to “Cachorros pequenos para apartamento”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*